Pub
Pub
artigo
imprimir

Atividades ao ar livre para aumentar o exercício

Está a aproximar-se a estação fria. E fazer exercício no inverno é fundamental. Para o coração, sim. Mas as atividades ao ar livre reduzem também o risco de infeções, enquanto a luz solar reforça o sistema imunitário. Aqui ficam algumas dicas e advertências para as atividades ao ar livre no inverno.

Atividades ao ar livre? De acordo com um estudo realizado no Reino Unido, os níveis de atividade física ligeira (caminhadas e realização de tarefas) e de permanência ao ar livre diminuem nos períodos invernais, enquanto o tempo passado em casa, sentado e a dormir, aumenta.

 

Isso acontece porque os baixos níveis de luz reduzem a exposição à vitamina D, o que nos faz sentir mais cansados. Algumas pessoas ficam com pior humor no período invernal e podem até vir a desenvolver transtornos mentais como o chamado transtorno afetivo sazonal (TAS): que causa tristeza, sonolência, aumento do apetite, e dificuldade de concentração.

Ser fisicamente ativo ao ar livre

Mo entanto, ser fisicamente ativo traz muitos benefícios para a saúde física e mental no inverno:

 

  • melhoria do humor;
  • fortalecimento do sistema musculosquelético;
  • efeitos protetores para o coração;
  • edução do risco de doenças crônicas.

 

De facto, uma das ultimas comunicações da Organização Mundial da Saúde (OMS), feita em novembro de 2020, revelou que 5 milhões de mortes por ano poderiam ser evitadas, a nível mundial, com a prática de exercício.

 

O exercício pode até combater os impactos negativos que o inverno pode ter sobre os nossos níveis de energia e humor, reduzindo a sensação de cansaço e mau estar através da libertação química de serotonina (uma das hormonas da felicidade).

 

Treinar ao ar livre também estimula a produção de vitamina D; embora existem alimentos que podem fornecer vitamina D ao corpo, a fonte mais fácil de a obter é através da exposição ao sol.

 

artigo

20.

A importância do exercício físico para o coração

Atividades ao ar livre na estação fria?

 

  1. Caminhadas na natureza em parques naturais, florestas e montanhas. Os passeios na natureza não são apenas agradáveis e educativos, como também melhoram o humor e permitem respirar ar limpo e saudável.
  2. Bicicleta. A bicicleta permite fazer muitos dos percursos que se podem fazer a pé, com a vantagem que a atividade cardiovascular é mais intensa (e o percurso mais rápido!).
  3. Desportos de inverno. Ski, snowboard, patinagem no gelo ou trenó, são atividades que apenas podem fazer-se no inverno. Entre no espírito da estação fria e aproveite ao máximo!
  4. Yoga no parque. Quem diz que yoga ao ar livre se pode fazer apenas no verão? Apenas precisa de um tapete ou pode fazer todos os exercícios em pé. Faça exercícios lentos que permitam manter a temperatura corporal constante.

 

Algumas precauções a tomar

 

Embora todos precisem tomar precauções em ambientes frios, proteger o coração no inverno é particularmente importante no caso de doença cardiovascular. Aqui ficam as nossas dicas para prática de atividades ao ar livre:

 

  • Use roupa adequada.
  • Faça um aquecimento antes e alongamentos depois do treino.
  • Não faça esforços excessivos.
  • Não deixe o seu corpo aquecer demasiado.

 

Não se esqueça de beber líquidos. É tão importante manter-se hidratado durante a atividade no inverno como no verão, mesmo que não sinta tanta sede. Beba água antes, durante e depois de uma atividade ao ar livre.

Referências
  • Organização Mundial da Saúde (OMS)

  • O’Connell, et al. (2014).

  • Very Well Health

artigo
imprimir
anterior seguinte