Vida Saudável

355.

Receita: Sopa de gengibre e abóbora

Desta vez, trazemos-lhe o quentinho de uma sopa diferente. O que nos diz desta sopa de gengibre e abóbora? Promete.

347.

O que as análises podem dizer sobre saúde cardiovascular?

Sabia que há análises ao sangue que nos revelam informações sobre a nossa saúde cardiovascular? Venha descobrir as mais importantes e porquê!

345.

Porque adoecem os mais jovens do coração

O excesso de peso e baixos índices de atividade física podem ser os culpados pelo aparecimento de problemas cardiovasculares em pessoas com menos de 40 anos, sobretudo insuficiência cardíaca e acidente vascular cerebral (AVC).

341.

Porque é que engordamos?

Porque é que engordamos? E como é que o nosso corpo se comporta durante esse processo? Hoje vamos responder a estas perguntas.

340.

Os melhores tipos de água para o coração

As águas não são todas iguais. Diferentes de tipos têm impactos distintos no nosso organismo e na nossa saúde. Descubra os melhores tipos de água para a saúde do coração aqui!

332.

Excesso de ómega-3 faz mal?

Muito falamos sobre a importância de consumir ómega-3. Mas será que não há um limite? E o excesso de ómega-3 fará mal? Vejamos o que nos diz a ciência.

331.

Regresso ao trabalho: 7 passos para evitar o stresse

Evite sentir-se esgotado na primeira semana de trabalho. Planeie o seu regresso e evite o stresse.

323.

O que os olhos não vêem, o coração não sente?

A sabedoria popular normalmente acerta. Mas será que no caso das doenças cardiovasculares, podemos confiar neste ditado? Já lhes chamaram «assassinas silenciosas». Colesterol, triglicéridos, aterosclerose, doença arterial coronária… São muitos os fatores de risco que podem levar a enfartes e AVCs e que não vemos a olho nu. Neste caso, podemos mesmo dizer que nem sempre o que os olhos não vêem, o coração não sente.

318.

Emergências: gestos que salvam vidas

Já alguma vez se deparou com uma situação de emergência médica? Um ataque cardíaco ou um acidente vascular cerebral? E saberia o que fazer nessas circunstâncias? E o que não fazer? Faz parte da formação cívica saber o que fazer nestes casos. E a razão é a mais nobre de todas: podemos salvar uma vida.

Carregar mais