Pub
Pub
artigo
imprimir

A drenagem linfática melhora a circulação?

Provavelmente já terá ouvido falar de drenagens e de retenção de líquidos, mas será que este é um problema universal? E será que deve procurar uma massagem de drenagem linfática?

A retenção de líquidos é muito comum e a esta chamamos tecnicamente linfedema. Mas, será «normal» ter esta retenção de líquidos e será a drenagem linfática a solução?

O que é, afinal, a retenção de líquidos?

Drenagem linfática é o nome que se dá a uma série de técnicas e movimentos que têm como objetivo mobilizar a linfa. O sistema linfático é um sistema circulatório paralelo ao sanguíneo que tem como principal diferença não ter uma bomba envolvida (no sistema circulatório a bomba é um pequeno órgão do qual já terá ouvido falar: o coração). Assim, esta circulação da linfa é feita por um sistema de válvulas e de diferenças de pressão, pois nada «bombeia» a linfa pelo organismo.

 

Quando o sistema não funciona bem

 

Quando funciona bem, o sistema linfático é silenciosamente competente. Nem damos por ele ali! No entanto, quando existem problemas como:

 

 

É possível ver e sentir aquilo a que comummente se chama «retenção de líquidos».

artigo

367.

O que é o edema e o que podemos fazer?

Retenção de líquidos e drenagem linfática

 

A retenção de líquidos nada mais é do que a acumulação de linfa, a que chamamos linfedema. O linfedema normalmente é acompanhado de uma sensação de «peso» nos membros inferiores. Torna as zonas mais sensíveis à dor e normalmente causa um aumento de temperatura na região. Assim, a drenagem linfática não está diretamente associada à circulação sanguínea, mas sim à linfática que, por sua vez, está interligada com a sanguínea.

 

A região mais comum de acumulação de linfa são as pernas, mas não significa que seja a única. É particularmente prevalente o linfedema na recuperação cirúrgica e em casos em que nódulos linfáticos são removidos.

E onde entra a drenagem linfática?

Uma das formas de reduzir então esta acumulação de linfa, é a drenagem linfática. Mas o que é? Nada mais é que uma série de movimentos manuais que têm como objetivo movimentar a linfa de volta aos gânglios linfáticos, proporcionando alívio no inchaço e sintomas.

 

As drenagens linfáticas podem ser executadas por vários tipos de profissionais, nomeadamente fisioterapeutas e outros com formação específica nas técnicas. Mas não é suposto este tipo de drenagem linfática provocar dor.

 

Portanto, antes de procurar drenagem linfática, fale com o seu médico e veja junto dele se seria uma técnica adequada ao seu caso. E não se esqueça de fazer a sua parte: beber muita água, praticar exercício adequado e ajustado aos seus problemas, usar meias compressivas ou outro vestuário compressivo que lhe tenha sido aconselhado. Ah, já dissemos beber muita água?

 

Junte-se à comunidade Cardio 365º!

Referências
  • Medical News Today

  • Healthline

artigo
imprimir
anterior seguinte