Pub
Pub
artigo
imprimir

Derrames nas pernas: devo preocupar-me?

Ter derrames nas pernas (ou «má circulação» e problemas parecidos na família) é uma preocupação para si? Hoje venha connosco desmistificar a questão e saber há razão ou não para preocupações.

Derrames nas pernas são manifestações superficiais visíveis de um problema relacionado com o fluxo de sangue nas veias,  também muitas vezes chamado de insuficiência venosa. As formas mais leves são, sobretudo, uma preocupação estética ou que trazem apenas algum desconforto. No entanto, a doença venosa grave pode ter consequências mais severas.

O que são derrames nas pernas?

Os derrames, tal como as varizes, ocorrem quando as válvulas que asseguram que o fluxo de sangue nas nossas veias «não volta para trás» deixam de funcionar de forma eficiente. Numa veia dita «saudável» o sangue volta ao coração e, para contrariar a gravidade no caso das pernas, por exemplo, tem a ajuda de várias pequenas válvulas. Assim sendo, estas pequenas válvulas abrem e fecham dentro das nossas veias à medida que o sangue flui.

 

Se estas válvulas estão enfraquecidas ou danificadas, o sangue pode fluir no sentido inverso e acumular dentro de certas porções da veia. E pode, eventualmente, levar ao aumento do seu volume e provocar o que vemos à superfície e chamamos de varizes ou derrames. Enquanto as varizes podem traduzir uma insuficiência venosa mais profunda, os derrames tendem a ser algo mais superficial, em vasos sanguíneos mais pequenos.

Ter varizes ou derrames é «normal»?

Apesar de ser muito comum ter varizes ou derrames, alguns fatores podem levar ao que apareçam:

 

  •  É mais comum nas mulheres, sendo que, algumas hormonas ou a gravidez aumentam a suscetibilidade a este tipo de problemas.

 

  • Também fatores genéticos como, por exemplo, ter familiares com insuficiência venosa, e a idade podem influenciar o aparecimento destas condições.

 

Contudo, estes não são possíveis de controlar. É importante salientar que, apesar de todo o conhecimento nesta área, algumas pessoas desenvolvem derrames ou varizes sem que exista uma razão óbvia ou aparente. Além disso, estes problemas podem, também, ocorrer devido a outras doenças, apesar não ser tão comum.

artigo

220.

Prevenir varizes nas pernas: dicas!

No entanto, existem fatores que, ao ser modificados, nos ajudam  a prevenir os derrames nas pernas:

 

Quando devo consultar um especialista?

A insuficiência venosa pode causar várias complicações como, por exemplo, hemorragias ou formação de coágulos sanguíneos. No entanto, estas não se desenvolvem na maioria das pessoas, além de que ocorrem muitos anos após os primeiros sinais.

 

Existem vários tratamentos disponíveis, desde o laser à cirurgia, passado pelo uso de meias de compressão. Contudo, apesar deste último ser dos recursos disponíveis mais comum, nem sempre é adequado para todos os casos e requer a avaliação prévia de um especialista. É, por isso, importante que seja vigiado pelo seu médico de família, mesmo em situações que parecem menores ou apenas estéticas. Isto tanto para uma prevenção eficaz, como para travar a evolução e evitar problemas mais sérios.

 

Por fim, junte-se à comunidade Cardio 365º!

Referências
  • National Health System UK (NHS)

  • Medscape

  • Healthline

artigo
imprimir
anterior seguinte