Prevenir a doença.

345.

Porque adoecem os mais jovens do coração

O excesso de peso e baixos índices de atividade física podem ser os culpados pelo aparecimento de problemas cardiovasculares em pessoas com menos de 40 anos, sobretudo insuficiência cardíaca e acidente vascular cerebral (AVC).

344.

É possível prevenir a angina de peito?

Quando a angina ocorre sentimos dor ou desconforto cardíaco. Será possível prevenir a angina de peito? Hoje iremos responder a esta pergunta!

337.

Oiça o seu coração: proteger do enfarte

O enfarte agudo do miocárdio é uma das doenças cardiovasculares que mais vítimas faz em Portugal, e homens e mulheres têm diferentes fatores de risco. Conheça melhor esta doença.

333.

Faça exercício físico regularmente

Exercício físico é benéfico para a saúde. Quem não sabe esta parte, não anda a ler o nosso website. Quando e em que quantidade o devemos praticar no nosso dia a dia é que é uma pergunta válida. Que este artigo tentou responder.

331.

Regresso ao trabalho: 7 passos para evitar o stresse

Evite sentir-se esgotado na primeira semana de trabalho. Planeie o seu regresso e evite o stresse.

330.

É possível beber água em excesso?

A hidratação é fundamental para o funcionamento do nosso organismo. De facto, beber muita água costuma ser uma recomendação básica de saúde. Mas é possível beber água em excesso? A resposta breve é sim. Aprenda o que é considerado um consumo excessivo de água e qual as suas potenciais consequências.

322.

Descubra 5 alimentos ricos em ómega-3

Os benefícios dos ácidos gordos ómega-3 são alvo de muita atenção e fazem de um estilo de vida com um coração saudável. Mais do que saber o que se diz por aí, conhecer os argumentos – isto é, os alimentos- para aderir a este «movimento».

321.

Fruta… um consumo saudável e divertido!

Fruta faz bem à saúde. E novidades? Mas sabe porquê? E para os pequenos que não a toleram? Há alternativas?

318.

Emergências: gestos que salvam vidas

Já alguma vez se deparou com uma situação de emergência médica? Um ataque cardíaco ou um acidente vascular cerebral? E saberia o que fazer nessas circunstâncias? E o que não fazer? Faz parte da formação cívica saber o que fazer nestes casos. E a razão é a mais nobre de todas: podemos salvar uma vida.

Carregar mais

Patrocinadores