Pub
Pub
artigo
imprimir

Varizes: um sinal de um problema mais grave

Sabia que as varizes são um problema vascular e estão relacionadas com o sistema circulatório? Descubra se serão um sinal de um problema mais grave e como prevenir este problema doloroso e inestético.

Sabia que as varizes são um problema vascular? A verdade é que podem ser um sinal de um problema mais grave, mas nem sempre. Mas antes de mais, vamos às primeiras explicações!

O que são varizes?

As varizes ou veias varicosas são protuberâncias de veias que ocorrem, sobretudo, nas pernas. Mais grossas e de origem diferente das telangiectasias (vulgarmente chamados de «derrames»), podem ou não ter uma cor diferente da restante pele. No entanto, as varizes podem ou não ser acompanhadas de dor difusa e desconforto.

 

Este problema surge mais frequentemente em mulheres, mas também se observa em homens. Existe uma componente hereditária e também ambiental. Além disso, passar demasiado tempo de pé ou sentado podem ser fatores que espoletam o aparecimento de varizes.

 

Na sua grande maioria, as varizes são um problema por si só, ou seja, não um sinal de outros. No entanto, as varizes podem ser um sinal de um problema mais grave como trombose venosa mais profunda ou oclusão, tumores pélvicos ou fístulas arteriovenosas. Como saber? É simples: mostre-as ao seu médico que lhe dirá se são ou não motivo de preocupação adicional.

 

Como prevenir o aparecimento de varizes e minorar a dor que causam?

 

A dor difusa que acompanha muitas vezes as varizes pode ser minorada através de várias medidas que ajudam também a prevenir o aparecimento de mais:

 

  • Toma de suplementos que fazem um reforço venoso;

 

  • Utilização de meias de compressão (as chamadas de «meias de descanso»);

 

  • Através de atividade física moderada para estimular a microcirculação periférica;

 

  • Através, por exemplo, da utilização de pomadas que estimulem a microcirculação periférica acompanhadas de uma massagem drenante.

 

Se este é um problema que o incomoda mesmo, o melhor conselho que lhe podemos dar é que visite o seu médico que lhe dirá se deverá ser encaminhado para a medicina vascular. Ou seja, para a especialidade onde existem imensas técnicas possíveis para anular estes problemas, mais ou menos invasivas, dependendo da extensão e gravidade. Ainda assim, opte por ter um estilo de vida o mais ativo possível e cuide do seu sistema circulatório!

artigo

07.

Combater o sedentarismo pelo seu coração

Por fim, junte-se à comunidade Cardio 365º!

 

Além disso, já conhece o nosso website Diabetes 365º?

artigo
imprimir
anterior seguinte