Pub
Pub
artigo
imprimir

O fazer para baixar os triglicéridos?

Com certeza já fez análises sanguíneas, onde viu os conhecidos triglicéridos. Mas sabia que existem vários tipos? E como é que os consegue baixar para estarem dentro dos valores normais? Hoje vamos discutir este assunto.

Os triglicéridos são uma das classes de lípidos (as chamadas gorduras). São importantes para o armazenamento de energia no organismo sob a forma de tecido adiposo. No entanto, se estiverem acima do normal, podem estar associados a risco cardiovascular mais elevado. Quando há excesso de triglicéridos a circular no sangue, diz-se que temos hipertrigliceridemia, muito relacionada com o aumento do risco de doenças cardiovasculares. E é, por isso, que é tão importante saber como baixar os triglicéridos.

 

Os triglicéridos são as principais gorduras do nosso organismo. Além disso, também estão presentes em vários alimentos. E, em especial, naqueles ricos em hidratos de carbono. No entanto, a maior parte que circula no sangue costuma ser produzida pelo nosso próprio organismo, pelo fígado.

 

Os triglicéridos podem ser encontrados na corrente sanguínea de forma livre ou ligados também ao colesterol. E os valores normais variam de acordo com a faixa etária e com o tempo de jejum. Valores acima de 150 mg/dL devem ser rapidamente diminuídos.

O que fazer para baixar os triglicéridos?

Existem muitas formas de baixar os triglicéridos. Ao melhorar os seus hábitos alimentares, com uma dieta mais saudável, fazer atividade física regular e reduzir da ingestão de bebidas alcoólicas em princípio vai conseguir baixar os triglicéridos. A mudança de hábitos de vida é essencial.

 

Além disso, saiba que o consumo de ómega-3, presente em peixes e oleaginosas ajuda a baixar. Em alguns casos é necessário o uso de medicamentos, algo que deverá discutir sempre com o médico.

artigo

322.

Descubra 5 alimentos ricos em ómega-3

Hábitos alimentares para baixar os triglicéridos

 

A dieta para baixar os triglicéridos deve ser pobre em alimentos com açúcar e farinha branca, como pães brancos, doces, salgados e bolos. Estes alimentos são ricos em hidratos de carbono simples, que favorecem o aumento dos triglicerídeos no sangue. Algumas dicas essenciais são:

 

  • Reduzir o consumo de hidratos de carbono simples (açúcar e farinha branca);
  • Não adicionar açúcar em alimentos preparados em casa, como sumos naturais, café e chá;
  • Evitar o consumo de bebidas alcoólicas, porque são ricas em calorias e estimulam a produção de triglicerídeos;
  • Consumir gorduras «boas» como o azeite, castanhas, amendoins, amêndoas, sementes de chia, linhaça, girassol, peixes como atum, sardinha e salmão, e abacate;
  • Evitar o consumo de alimentos ricos em gordura processada;
  • Consumir mais frutas, verduras e alimentos integrais, porque são ricos em fibras e ajudam a baixas os níveis de triglicéridos no sangue.

 

Concluindo, os triglicéridos correspondem a «gordura» que se encontra em circulação no sangue. Quando estes estão acima do nível normal, associam-se a risco cardiovascular elevado. Manter estilos de vida saudável, com uma dieta equilibrada e prática de exercício físico é essencial para baixar os triglicéridos e, assim, prevenir doenças cardíacas graves.

 

Por fim, junte-se à comunidade Cardio 365º!

Referências
  • Dynamed

artigo
imprimir
anterior seguinte