Pub
Pub
artigo
imprimir

Ortopneia: já ouviu falar deste tema?

O que é a ortopneia? Porque acontece? Hoje vamos elucidá-lo em relação a isto.

A ortopneia é a dificuldade respiratória (dispneia) que ocorre quando uma pessoa está deitada. Pode fazer com uma pessoa tenha que dormir elevada na cama (usando várias almofadas para dormir), ou sentada numa cadeira, para alívio deste sintoma.

 

A ortopneia pode ser um sintoma de insuficiência cardíaca. Também pode ocorrer em pessoas com asma ou bronquite crónica, assim como em pessoas que tenham pausas respiratórias (apneia) durante o sono, ataques de pânico ou ansiedade. Também está associada com a doença hepática poliquística.

Porque acontece a ortopneia?

Normalmente, a ortopneia está associada a falência do ventrículo esquerdo e/ou edema pulmonar (o designado «líquido no pulmão»). Na base da ortopneia está a insuficiência do coração enquanto bombeia o sangue.

 

O que acontece é que o coração fica incapaz de manter uma quantidade adequada de sangue que dele sai. Desta forma, o sangue acumula-se nas cavidades esquerdas do coração, aumentando a pressão existente nestas cavidades, a qual se transmite retrogradamente para a circulação do pulmão. Aí, o excesso de pressão, faz com que o líquido vá para os alvéolos pulmonares (estruturas que compõe o pulmão), diminuindo a superfície de trocas gasosas, e como consequência, provocando dispneia. Este mecanismo também permite explicar os derrames pleurais normalmente observados na insuficiência cardíaca.

 

artigo

296.

O que é uma hipopneia? É preocupante?

Ortopneia na Insuficiência Cardíaca

A ortopneia é um dos sintomas da insuficiência cardíaca.

 

A insuficiência cardíaca é uma doença na qual o coração não consegue bombear adequadamente o sangue para o corpo ou mantê-lo dentro das suas cavidades de forma apropriada, comprometendo as funções de oxigenação do organismo. Embora possa aparecer subitamente, normalmente é uma doença crónica de evolução gradual.

 

Sinais e Sintomas

 

A falta de ar (dispneia) ou cansaço são os sintomas mais comuns. Quando a doença se instala lentamente, inicialmente a falta de ar manifesta-se perante esforços físicos. Alguns doentes podem não procurar ajuda médica nos estadios iniciais da doença, porque atribuem os sintomas ao envelhecimento. Caso a doença não seja diagnosticada e tratada a tendência é que progrida, sendo que os sintomas começarão a aparecer com esforço cada vez de menor intensidade, ou até mesmo em repouso nos casos mais avançados.

 

Outra queixa comum que deve levantar a suspeita de insuficiência cardíaca é a dificuldade em dormir apenas com uma almofada ou com a cama em posição reta, devido à dificuldade em respirar ou, lá está, ortopneia.

 

O que fazer?

 

Quando a insuficiência cardíaca está descompensada (causando sintomas), existem medicamentos capazes de trazer melhora e diminuir o risco de morte. O tratamento, em casa ou em ambiente hospitalar, será definido de acordo com a gravidade. E, claro, sempre pelo médico.

 

Concluindo, a ortopneia é um sintoma associado à insuficiência cardíaca. Caso apresente falta de ar que o leve a não conseguir dormir, o melhor é contactar o seu médico de família, que investigará a causa deste sintoma.

 

Junte-se à comunidade Cardio 365º!

Referências
  • DynaMed

artigo
imprimir
anterior seguinte