Pub
Pub
artigo
imprimir

Um cuidado extra com a hipertensão no Natal

Nesta época de festividades, pode haver um certo descontrolo na alimentação e muito stresse, com repercussões graves na sua pressão arterial. No Natal, a melhor prenda que pode dar a si e à sua família é, acima de tudo, estar presente. E, para isso, é preciso cuidar da sua saúde cardiovascular!

Sabia que no Natal verifica-se um enorme pico de hipertensão arterial? E de doenças associadas, como o enfarte agudo do miocárdio? Não permita que o seu Natal e fim de ano sejam arruinados por um problema de saúde! Neste artigo vamos dar-lhe algumas dicas para conseguir conjugar o prazer das festividades com a preservação da sua saúde cardiovascular.

Um cocktail de fatores de risco para a hipertensão no Natal

Se bem se recorda, as causas que levam à hipertensão arterial estão muito ligadas ao estilo de vida de cada pessoa. Como, por exemplo, a alimentação, a atividade física, o excesso de peso e obesidade, o stresse e ansiedade e os consumos desaconselhados (tabaco, álcool).

 

As tradições do Natal em Portugal centram-se muito na mesa do jantar, com centenas de receitas típicas desta altura do ano. É conhecida como um altura do ano com muita fartura, mas também muitas tentações e propícia a muitos exageros.

 

Cuidado com os fatores de risco

 

Muitas vezes, há um aumento do consumo de sal e de açúcar, de produtos processados (enchidos) e de gorduras. Ao mesmo tempo, nota-se um menor consumo de frutas e de vegetais. Por outro lado, também devido às condições climatéricas desta altura do ano, o nível de atividade física também tende a diminuir. Tudo isto somado, resulta naqueles «quilinhos a mais» depois das festas. As reuniões familiares e com amigos podem também favorezem um maior consumo de bebidas alcoólicas e de tabaco. É uma altura do ano sem dúvida prazerosa e de alegria, mas também de muita ansiedade e stresse: a correria para comprar as prendas, os preparativos das festas, os reencontros com pessoas que já não vemos há muito tempo…

 

No entanto, a sua saúde não distingue as datas no calendário! E todos estes fatores juntos podem ter consequências desastrosas na sua saúde cardiovascular, deitando por terra o esforço que fez ao longo do ano para controlar a sua hipertensão arterial. Sabia que as mortes com origem cardíaca aumentam significativamente na época natalícia, observando-se um pico nos dias 24 e 25 de Dezembro e no dia 1 de Janeiro? Não se descuide nem ponha a sua saúde e vida em risco: é possível conciliar o controlo da sua pressão arterial e estas festividades! Seguem algumas dicas!

 

Como posso então aproveitar a época natalícia, sem prejudicar a minha hipertensão no Natal?

 

Palavra-chave: moderação

O principal foco é mesmo não cometer exageros alimentares. A tentação é muita, e não há alimentos proibidos, mas faça um esforço por se autocontrolar e restrinja-se ao que realmente gosta, em quantidades moderadas.

 

Deve evitar excessos de gordura e de sal

Tenha especial atenção e modere o consumo de carnes já temperadas ou processadas, que contêm um grande teor de sódio. Elimine sempre as gorduras visíveis da carne. Na medida do possível, prepare os alimentos em casa, onde tem a certeza das quantidades de gordura e sal que são utilizados na sua confecção. Modere a quantidade de azeite e apoie-se nas ervas aromáticas para reduzir a quantidade de sal.

 

Faça opções saudáveis na confeção dos seus pratos preferidos

Por exemplo:

  • Substitua as natas por natas light ou por iogurtes naturais magros e o leite por leite magro;
  • Reduza a quantidade de açúcar ou substitua o açúcar por adoçante;
  • Prepare, sempre que possível, os alimentos no forno em vez de na frigideira (por exemplo, as rabanadas);
  • Privilegie as gorduras polinsaturadas, como os óleos vegetais, e tenha em atenção a temperatura da fritura (abaixo dos 180ºC), para que os alimentos não absorvam muita gordura;
  • Use papel absorvente para eliminar o máximo de gordura possível.

 

Cuidado com o petiscar

Nomeadamente os frutos secos oleaginosos, como as nozes, amêndoas, avelãs, pistácios, cajus, entre outros. Estes frutos secos, quando consumidos ao natural e nas doses recomendadas, têm um efeito benéfico na redução do colesterol e da pressão arterial. No entanto, tudo em excesso faz mal. Como são hipercalóricos, quando consumidos em excesso promovem o ganho de peso a anulam as suas vantagens nutricionais.

 

Aumente a quantidade de legumes, frutas e vegetais nas suas ementas festivas

Se possível inclua a sopa no início da refeição; acrescente uma salada de fruta sem açúcar na sua mesa.

 

Não abuse no consumo de álcool

Beba muita água e ingira bebidas não-alcoólicas (cerveja sem álcool ou cocktails sem álcool, por exemplo) ou com o menor teor de álcool possível. Lembre-se que o álcool aumenta os níveis de triglicéridos e colesterol no sangue.

 

Não fume nem aumente os seus hábitos tabágicos

Contrarie possíveis tentações ou influência de terceiros nas reuniões familiares ou festa de fim de ano.

 

Faça os possíveis para não ganhar peso

O excesso de peso está diretamente ligado ao aumento da pressão arterial. Comer moderadamente e manter uma atividade física regular vão ajudá-lo a manter o seu peso estável.

 

Não negligencie o exercício físico na época natalícia

Procure realizar uma atividade física dentro de casa (DVD com exercícios, por exemplo) ou num ginásio. Ou, então, agasalhe-se bem e faça caminhadas, ou mesmo passeios em família, para queimar as calorias extra que consumiu nestes dias festivos.

 

Evite o stresse

O stresse devido às compras de última hora de presentes ou do necessário para os preparativos das festas pode ser evitado: planeie as compras, fazendo uma lista, e faça-as antecipadamente, ou reserve-as, se possível, pela internet ou telefone. Alterne os períodos de stresse com momento de relaxamento e descanso.

 

Avalie regularmente a sua pressão arterial e tome a sua medicação rigorosamente como o seu médico prescreveu

A hipertensão é uma doença silenciosa e não tira férias: mesmo que não tenha sintomas, a medicação é essencial para manter os valores de pressão arterial controlados e prevenir a ocorrência de doenças cardiovasculares.

artigo

44.

O colesterol senta-se à mesa na ceia de Natal?

Por fim, junte-se à comunidade Cardio 365º!

artigo
imprimir
anterior seguinte