Pub
Pub
artigo
imprimir

Conheça os diferentes tipos de AVC

O AVC é uma situação clínica potencialmente fatal que é uma emergência médica, mas sabia que existem diferentes tipos de AVC? Saiba mais neste artigo.

AVC é uma forma abreviada de dizer acidente vascular cerebral. Existem 2 tipos principais de acidentes vasculares cerebrais:

 

  • Isquémico, ou seja, o acidente vascular cerebral isquémico
  • Hemorrágico, ou seja, o acidente vascular cerebral hemorrágico

 

Cerca de 87% dos acidentes vasculares cerebrais são isquémicos, vulgarmente causados pelo bloqueio de uma artéria, com frequência por um coágulo de sangue. Os restantes acidentes vasculares cerebrais são hemorrágicos, ou seja devido ao «sangramento» de um vaso sanguíneo no cérebro.

Os tipos de AVC

AVC Isquémico

 

O acidente vascular cerebral isquémico geralmente acontece quando ocorre obstrução de uma artéria no cérebro, normalmente por um coágulo sanguíneo ou um depósito de gordura devido à aterosclerose. A aterosclerose pode ser definida como o depósito de placas de gordura e cálcio no interior das artérias que dificultam a circulação sanguínea.

 

Este tipo de AVC ocorre quando existe o bloqueio de uma artéria que faz o aporte de sangue para o cérebro, privando de fluxo determinadas zonas do mesmo. A maioria das células cerebrais morre se for privada de sangue por períodos de cerca de 4h e meia.

 

Contudo, os coágulos sanguíneos que surgem numa artéria cerebral nem sempre causam um acidente vascular cerebral. Se o coágulo quebrar espontaneamente em menos de 15 a 30 minutos, não ocorre morte das células cerebrais. Estes casos são denominados por acidentes isquémicos transitórios (AIT). Estes podem ser vistos como um sinal de alerta de um acidente vascular cerebral isquémico. As pessoas que sofreram um AIT têm muito maior probabilidade de sofrer um AVC do que as que não sofreram um AIT.

 

Outra possível causa, menos comum, para o AVC isquémico seria a fibrilhação auricular, ou seja, um tipo de batimento cardíaco irregular.

 

AVC Hemorrágico

 

Este tipo de AVC acontece quando uma artéria «rompe», o que interfere no fluxo de sangue normal. O AVC hemorrágico pode ser classificado em 2 tipos principais:

 

  • Hemorragia intracerebral: É o tipo mais comum de AVC hemorrágico, e ocorre quando uma das artérias cerebrais se rompe e o sangue invade o tecido cerebral adjacente.

 

  • Hemorragia subaracnoideia: É o tipo menos comum de AVC hemorrágico, e ocorre quando a hemorragia acontece no espaço entre o cérebro e as membranas que o cobrem (meninges).

 

Uma vez que a hemorragia dificulta a irrigação, comprime e danifica o cérebro, esta impede o seu funcionamento normal.

 

O AVC hemorrágico, geralmente, é causado por pressão arterial elevada (hipertensão arterial) ou por defeitos nos vasos sanguíneos cerebrais que os tornam suscetíveis à rutura como é o caso dos aneurismas. Um aneurisma é uma dilatação da parede de uma artéria, que a torna mais frágil e menos propensa a resistir à pressão arterial elevada, o que pode tornar-se uma situação muito grave.

Reduzir o risco de AVC

Segundo a World Federation of Neurology, existem 10 fatores potencialmente modificáveis que são responsáveis por cerca de 90% dos AVC:

 

  • Fumar;
  • Má alimentação;
  • Perímetro abdominal aumentado;
  • Colesterol elevado;
  • Diabetes;
  • Doença cardíaca;
  • Hipertensão;
  • Consumo excessivo de álcool;
  • Falta de exercício;
  • Fatores psicossociais e stresse.
artigo

20.

A importância do exercício físico para o coração

No entanto, não é possível prevenir completamente os AVC porque alguns fatores que aumentam o seu risco não podem ser alterados. Estes são chamados de fatores não modificáveis, como a idade ou a história familiar.

 

É importante que não se esqueça que perante uma suspeita de AVC deve ligar imediatamente para o 112! Informe-se e comece hoje a cuidar da sua saúde!

 

 

Junte-se à comunidade Cardio 365º!

Referências
  • Sociedade Portuguesa do Acidente Vascular Cerebral (SPAVC)

  • Manual MSD

  • World Federation of Neurology

  • National Health System UK (NHS)

  • Centers for Disease Control and Prevention

artigo
imprimir
anterior seguinte