Pub
Pub
artigo
imprimir

Fruta… um consumo saudável e divertido!

Fruta faz bem à saúde. E novidades? Mas sabe porquê? E para os pequenos que não a toleram? Há alternativas?

Desde pequenos que o conselho paira sobre nós: come uma peça de fruta. Ao crescermos, começamos a dar conta do porquê. A fruta tem, de facto, características nutricionais que a tornam num excelente alimento.

 

Pobre em proteínas e gorduras, mas com uma quantidade apreciável de hidratos de carbono, é, além disso, um bom fornecedor de vitaminas, minerais e fibras alimentares. Sendo, portanto, um dos alimentos de eleição para incluir na dieta da população em geral.

O que é recomendado, quando e como?

O recomendado são 3 a 5 peças por dia! A fruta pode ser consumida em qualquer altura do dia, desde o pequeno-almoço, aos lanches, ao almoço e jantar. Aliás, é sempre uma melhor opção para sobremesa do que um doce (bolos, pudins, etc.). Optar por fruta da época tende a ser mais adequado: a fruta é mais saborosa, mais barata e será mais provável que não seja de produção de estufa. A DECO Proteste criou um calendário interessante para que possa estar sempre a par de que frutas são essas.

 

Pode-se ingerir em sumo ou em batido, mas atenção: em sumo, a quantidade de vitaminas e fibras é inferior. Por isso, sempre que possível, deve preferir comer uma peça de fruta! Enquanto que algumas frutas podem ser consumidas cozidas ou assadas, há que realçar que desta forma alguns nutrientes passam para o molho e oxidam-se pelo calor. Tornando a peça menos nutritiva. Contudo, são boas opções para diversificar o consumo.

Comer fruta pode ser divertido?

Como já vimos, em diferentes alturas do ano encontramos uma grande variedade de frutas, o que torna as nossas escolhas ainda mais diversificadas, coloridas e saudáveis. Particularmente nas crianças isso pode fazer toda a diferença.

 

Por exemplo, para aqueles pais cujos filhos resistem, é de aproveitar para lhes apresentar diferentes formas de consumo, como:

 

  • Espetadas de fruta;
  • Sumos de fruta com vegetais;
  • Batidos;
  • Saladas de frutas;
  • Gelados feitos com sumo e pedaços de fruta fresca;
  • Chips de maçã feitos no forno (parecem batatas fritas, mas… são bem mais saudáveis!).

 

Aproveite a sua criatividade, apresentando de diferentes formas, podendo até desenhar figuras, fazendo uso das diferentes cores e texturas. Pode também combiná-la com outros alimentos como iogurtes, vegetais, tostas, cereais… sendo assim mais atrativo para as crianças.

 

O importante é que não se esqueça de incluir a fruta na alimentação dos seus filhos! 

artigo

267.

Existem variedades de chá boas para o coração?

Por fim, junte-se à comunidade Cardio 365º!

artigo
imprimir
anterior seguinte